06 julho 2008

Uma empresa chamada maçã (ahm?!)

Antes de tudo, me diga sem pensar muito, você conhece a empresa dona deste logo?Você pode até deduzir (obviamente) que esse logo é da Apple[bb], mas se você nunca tinha visto esse logo até hoje, não se preocupe, eu também já estive nesse clube. Esse foi o primeiro logo da Appple.

Descobri esse logo através de um dos último livros que li, chamado Apple Confidential 2.0[bb]. Uma leitura obrigatória para qualquer pessoa que se diga fã dessa grande empresa.

O livro cobre de modo jornalístico toda a história da Apple, desde quando ela é fundada até a volta de Steve Jobs para a empresa, em 1997. Quando eu falo jornalístico, quero dizer que o livro não apenas conta história, ele é um apanhado de todos os dados possíveis que comprovam cada palavra escrita e elucidam cada fase da Apple. O livro contém muitos quotes de todas as pessoas envolvidas nessa história, memorandos que circularam dentro da empresa, e-mails do próprio Bill Gates para a Apple e timelines bem específicos de cada fase que a Apple passou. Com certeza deve ser o Livro mais rico em informações jornalísticas sobre toda a história da Apple.

Além de ouvir sobre a Apple, você vai poder conhecer também um pouco do que Steve Jobs fez fora dela, nos seus praticamente 10 anos que ficou fora (para não dizer, expulso). Vai poder conhecer um pouco da história da Pixar (empresa comprada nos seus primórdios por Steve Jobs ), assim como também a história da Next (empresa fundada por Steve Jobs depois de sair da Apple, empresa na qual ele quase gastou toda sua fortuna).

O livro cobre também com muitos detalhes o desenvolvimento de cada produto da Apple. Desde a concepção da idéia do produto (que muitas das vezes não saiu da cabeça de Steve Jobs, por exemplo, o primeiro Mac), do desenvolvimento de seus vários protótipos, até o seu lançamento e manutenção. Além dos já famosos nomes de Steve Jobs e Steve Wozniak, conheça também outras pessoas que foram vitais na criação dos produtos da Apple. Descubra quem foi Jef Raskin, o verdadeiro pai do Macintosh. Descubra o nome do gênio por trás do design de produtos como o iMac[bb] e o iPod[bb], Jonathan Ive.

Outra parte que está bem ilustrada no livro, é a descrição do período de comando de todos os CEOs que passaram pela Apple. Você vai se abismar como os esforços de pessoas como John Sculley, Michael Spindler e Gilbert Amelio acabaram levando a Apple para a quase falência. Chegaram a momentos que queriam vendê-la a qualquer custo.

Por fim, o livro mostra como a volta de Steve Jobs para a empresa, a faz retornar das cinzas. Com a volta de seu guru, para começar, a empresa conseguiu quatro trimestres consecutivos de lucros, depois de muitos anos tendo apenas déficits. Deu uma enxugada na sua base de produtos para apenas 4 (iBook, iMac, Power Book e Power Mac) a fim de manter o foco. Finalmente, criou o iPod, revolucionando a industria de música digital.

Resumindo, o texto todo vai te levar para as decisões de sucesso e de fracasso que a Apple tomou. Vai te mostrar quem guiou a empresa, quem criou os seus produtos, quais foram seus produtos e porque eles sempre estavam a frente de seu tempo.

Dito tudo isso, deixo vocês com alguns quotes citados no livro, que ficaram na minha cabeça:


Apple has one leader, Steve and me.” John Sculley sobre a união dele com Steve Jobs, 1983. Dois ano depois, Sculley juntamente com outros membros do board da Apple convidaram Steve Jobs a se retirar da empresa.

I think what Steve Jobs has done with Apple is one of the great business succes stories of all time”. San Francisco, April 2, 2000. Sculley, mostrando o quanto a vida é uma caixinha de surpresas.


If Apple had licensed the Mac OS when it first came out, Windows wouldn’t exist today.” Robertson Stephens analyst Jon van Bronkhorst. Aqui podemos ver que as vezes a oportunidade bate na nossa porta, nós apenas não a atendemos.

3 comentários:

Nathy disse...

Realmente parece muito bom o livro, depois desse post fiquei empolgada em lê-lo...

Hugo Pessoa de Baraúna disse...

@Nathy Com certeza você só tem a ganhar lendo esse livro. Acredito que ler livros sobre empresas, empreendedores, startups e seus fundadores seja uma ótima prática para poder ter boa e novas idéias. Ou pelo menos para poder enteder melhor como funciona o mundo. =)

A dica está dada!

Suzi disse...

Bela dica! Também fiquei com vontade de ler. Vi tua dica. Respondi com um post, inclusive.
beijos!

 
Fork me on GitHub